Pular para o conteúdo

Inteligência em Concursos – Prof Pier

 Você já se sentiu frustrado por estudar horas e horas e não conseguir os resultados esperados nas provas de concursos públicos? 

Você já se perguntou se existe uma forma melhor de aproveitar o seu tempo de estudo e aumentar as suas chances de sucesso? 

Se você respondeu sim a essas perguntas, talvez você se interesse pelo livro “Inteligência em Concursos – Prof Pier“, do professor Pierluigi Piazzi.

Neste livro, o autor ensina técnicas de estudo baseadas nas últimas descobertas da neurociência, que mostram como o cérebro humano aprende e memoriza informações. 

O professor Pier afirma que a maioria dos estudantes não sabe estudar de forma eficiente, pois utiliza métodos incompatíveis com o funcionamento do cérebro. 

Por isso, ele propõe uma mudança de paradigma, que ele chama de “estudar com inteligência”.

Mas o que significa estudar com inteligência? 

Segundo o autor, significa estudar de acordo com as características e as necessidades do cérebro, respeitando o seu ritmo, o seu potencial e as suas limitações. 

Estudar com inteligência envolve planejar, organizar, revisar, exercitar e aplicar os conhecimentos adquiridos, de forma a consolidar as informações na memória de longo prazo e facilitar o seu resgate na hora da prova.

[Publicidade]


As Técnicas de Estudo Recomendadas pelo Autor

O livro é dividido em quatro partes. 

Na primeira parte, o autor explica as técnicas de estudo que ele recomenda, como:

Fazer pseudocolas: consiste em escrever em um papel as principais informações que você precisa lembrar, sem consultar o material de estudo. 

Depois, você confere se acertou tudo e corrige os erros. Isso ajuda a fixar o conteúdo na memória e a identificar as lacunas no seu conhecimento.

Driblar o esquecimento: consiste em revisar o conteúdo estudado em intervalos regulares, de acordo com a curva do esquecimento. 

Essa curva mostra que a nossa memória se deteriora com o tempo, a menos que façamos revisões periódicas. 

O autor sugere revisar o conteúdo no mesmo dia, no dia seguinte, uma semana depois, um mês depois e seis meses depois.

Ler com atenção: consiste em ler o texto com foco e concentração, evitando distrações e interrupções. 

O autor recomenda ler o texto pelo menos duas vezes: uma para ter uma visão geral e outra para aprofundar os detalhes. 

Além disso, ele sugere fazer perguntas sobre o texto, como o que, quem, como, quando, onde e por quê, para estimular o pensamento crítico e a compreensão.

Fazer resumos: consiste em sintetizar o conteúdo estudado em um texto curto, usando as suas próprias palavras. 

O autor aconselha usar frases curtas, simples e claras, e destacar as ideias principais, os conceitos-chave e os exemplos relevantes. 

O resumo ajuda a organizar o conteúdo, a facilitar a revisão e a verificar se você entendeu o que estudou.

Resolver questões e simulados: consiste em testar o seu conhecimento e o seu desempenho por meio de exercícios e provas anteriores. 

O autor recomenda resolver as questões com tempo limitado, sem consultar o material de estudo, e depois conferir as respostas e os comentários. 

Isso ajuda a avaliar o seu nível de aprendizagem, a identificar os seus pontos fortes e fracos, e a se familiarizar com o formato e o estilo das provas.

Adquira Agora o Livro: Inteligência em Concursos – Prof Pier

A Importância da Inteligência para o Sucesso nos Concursos

Na segunda parte, o autor discute a importância da inteligência para o sucesso nos concursos, e como desenvolvê-la por meio de hábitos saudáveis, como:

Alimentação: consiste em ingerir alimentos que favorecem o funcionamento do cérebro, como frutas, verduras, legumes, cereais integrais, oleaginosas, peixes, ovos, leite e derivados. 

O autor também alerta para evitar alimentos que prejudicam o cérebro, como açúcar, gordura, sal, álcool, cafeína e tabaco.

Sono: consiste em dormir bem e o suficiente para que o cérebro possa descansar, recuperar e consolidar as informações aprendidas. 

O autor recomenda dormir entre sete e oito horas por noite, e seguir uma rotina regular de horários para dormir e acordar. 

Ele também sugere evitar atividades estimulantes antes de dormir, como assistir TV, usar o celular ou estudar.

Exercício físico: consiste em praticar atividades físicas moderadas e regulares, que aumentam o fluxo sanguíneo e a oxigenação do cérebro, melhorando a sua saúde e o seu desempenho. 

O autor recomenda fazer pelo menos 30 minutos de exercício por dia, de preferência ao ar livre e em contato com a natureza. 

Ele também aconselha escolher uma atividade que você goste e que se adapte ao seu estilo de vida.

Leitura: consiste em ler livros de diferentes gêneros, temas e autores, que ampliam o seu vocabulário, o seu conhecimento e a sua cultura. 

O autor recomenda ler pelo menos um livro por mês, e variar entre ficção e não ficção, clássicos e contemporâneos, nacionais e estrangeiros. 

Ele também sugere fazer anotações, resenhas e comentários sobre os livros que você lê, para aprimorar a sua capacidade de expressão e argumentação.

[Publicidade]


As Dicas de Como se Comportar durante a Prova

Na terceira parte, ele dá dicas de como se comportar durante a prova, como:

– Aproveitar o tempo: consiste em administrar o tempo disponível para a prova, de forma a responder todas as questões com qualidade e tranquilidade. 

O autor recomenda começar pelas questões mais fáceis e rápidas, e deixar as mais difíceis e demoradas para o final. 

Ele também aconselha reservar um tempo para revisar as respostas e corrigir os erros.

– Evitar o branco: consiste em lidar com o esquecimento momentâneo de alguma informação, que pode ocorrer por nervosismo, ansiedade ou estresse. 

O autor recomenda manter a calma e a confiança, e tentar lembrar da informação por meio de associações, pistas ou dicas. 

Ele também sugere pular a questão e voltar a ela depois, quando a memória pode ter se recuperado.

– Usar a lógica e a imaginação: consiste em usar o raciocínio lógico e a criatividade para resolver questões que exigem mais do que a simples reprodução de informações. 

O autor recomenda analisar a questão com atenção, identificar os dados fornecidos, as relações entre eles e o que se pede. 

Ele também aconselha usar a eliminação de alternativas, a intuição e a imaginação para chegar à resposta correta ou mais provável.

– Resolver problemas matemáticos: consiste em aplicar os conceitos e as fórmulas matemáticas para resolver questões que envolvem números, operações, medidas, geometria, estatística, entre outros. 

O autor recomenda revisar as regras e as propriedades matemáticas, e resolver muitos exercícios e simulados para treinar o cálculo e a interpretação. 

Ele também sugere usar recursos visuais, como desenhos, gráficos e tabelas, para facilitar a compreensão e a resolução dos problemas.

Pare de Adiar a Sua Aprovação e Conheça os Hacks do Nosso Cérebro com o Livro: Inteligência em Concursos – Prof Pier

Os Apêndices sobre Imaginação e Tecnologia, e Leituras Aconselhadas

Na quarta parte, ele apresenta dois apêndices, um sobre a relação entre imaginação e tecnologia, e outro sobre leituras aconselhadas.

No primeiro apêndice, o autor discute como a imaginação é a fonte de toda inovação e progresso tecnológico, e como a tecnologia pode estimular ou limitar a imaginação. 

Ele defende que o estudante deve usar a tecnologia de forma consciente e crítica, e não se deixar dominar ou alienar por ela. 

Ele também incentiva o estudante a desenvolver a sua própria imaginação, por meio de atividades criativas, artísticas e lúdicas, que podem enriquecer o seu aprendizado e a sua vida.

No segundo apêndice, o autor indica algumas leituras que ele considera importantes para o desenvolvimento da inteligência, do conhecimento e da cultura. 

Ele recomenda livros de diferentes áreas, como filosofia, história, ciência, literatura, psicologia, educação, entre outras. Ele também explica o motivo da sua escolha e o que o leitor pode aprender com cada livro.

Esse é o fim do meu artigo. Eu espero que você tenha gostado e que ele tenha sido útil para você. 

Se você quiser saber mais sobre o livro “Inteligência em Concursos – Prof Pier“, você pode acessar o o esse link clicando aqui, onde você pode encontrar mais informações, depoimentos e até mesmo comprar o livro. 

Obrigado pela sua atenção e até a próxima.

[Publicidade]


FAQ Rápido

1. Quem é o autor do livro?

O autor do livro é Pierluigi Piazzi, mais conhecido como Prof. Pier. Ele foi um renomado professor de informática, matemática e física, que lecionou em diversas instituições de ensino, como USP, UNICAMP, ITA, IME, entre outras. Ele também foi um dos pioneiros no ensino de inteligência artificial no Brasil, e um estudioso das neurociências aplicadas à educação.

2. Qual é o objetivo do livro?

O objetivo do livro é ensinar técnicas de estudo baseadas nas últimas descobertas da neurociência, que mostram como o cérebro humano aprende e memoriza informações. O autor afirma que a maioria dos estudantes não sabe estudar de forma eficiente, pois utiliza métodos incompatíveis com o funcionamento do cérebro. Por isso, ele propõe uma mudança de paradigma, que ele chama de “estudar com inteligência”.

3. O que significa estudar com inteligência?

Segundo o autor, significa estudar de acordo com as características e as necessidades do cérebro, respeitando o seu ritmo, o seu potencial e as suas limitações. Estudar com inteligência envolve planejar, organizar, revisar, exercitar e aplicar os conhecimentos adquiridos, de forma a consolidar as informações na memória de longo prazo e facilitar o seu resgate na hora da prova.

4. Quais são as técnicas de estudo recomendadas pelo autor?

O autor recomenda as seguintes técnicas de estudo:

  • Fazer pseudocolas
  • Driblar o esquecimento
  • Ler com atenção
  • Fazer resumos
  • Resolver questões e simulados

5. Como a inteligência pode ser desenvolvida por meio de hábitos saudáveis?

O autor discute a importância da inteligência para o sucesso nos concursos, e como desenvolvê-la por meio de hábitos saudáveis, como:

  • Alimentação
  • Sono
  • Exercício físico
  • Leitura

6. Como se comportar durante a prova?

O autor dá dicas de como se comportar durante a prova, como:

  • Aproveitar o tempo
  • Evitar o branco
  • Usar a lógica e a imaginação
  • Resolver problemas matemáticos

7. Qual é a diferença entre este livro e os outros da coleção Neuroaprendizagem?

Este livro é o quarto e último da coleção Neuroaprendizagem, que é composta pelos seguintes títulos:

  • Aprendendo inteligência: Manual de instruções do cérebro para estudantes em geral
  • Estimulando inteligência: Manual de instruções do cérebro de seu filho
  • Ensinando inteligência: Manual de instruções do cérebro para professores e pais

Este livro é voltado para estudantes que se preparam para concursos públicos, vestibulares ou qualquer outro tipo de exame que exija conhecimento e raciocínio. O autor aborda as técnicas de estudo mais específicas e avançadas, e dá dicas de como se comportar durante a prova. Ele também discute a relação entre imaginação e tecnologia, e indica leituras aconselhadas para o desenvolvimento da inteligência.

Os outros livros da coleção são voltados para públicos diferentes, e abordam as técnicas de estudo mais básicas e gerais, e os hábitos saudáveis que favorecem o funcionamento do cérebro. Eles também são destinados a pais e professores, que podem ajudar os seus filhos e alunos a aprenderem com inteligência.

Última Oportunidade para Aquirir seu Exemplar Clicando Abaixo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *