Pular para o conteúdo

Como FlashCards Podem Melhorar sua Memória

Você já teve dificuldade para lembrar de alguma informação importante, seja para uma prova, uma apresentação ou uma conversa? 

Se a resposta for sim, saiba que você não está sozinho. 

A memória é uma função cognitiva essencial para o aprendizado e para a vida, mas também é suscetível ao esquecimento. 

Por isso, é preciso estimular e treinar a memória para que ela se mantenha ativa e eficiente.

Uma das formas mais simples e eficazes de fazer isso é usando os flashcards, que são cartões com perguntas e respostas sobre um determinado assunto. 

Os flashcards são uma ferramenta de estudo que pode ajudar você a memorizar conceitos, fatos, fórmulas, vocabulário, datas e muito mais. 

Neste artigo, você vai descobrir quais são as vantagens de se usar flashcards, como memorizar com flashcards, o que fazer para melhorar a memorização e como estudar por meio de flashcards. 

Além disso, você vai entender o que é a curva do esquecimento e como ela afeta a sua memória. 

Vamos lá?

Quais são as vantagens de se usar flashcards?

Os flashcards oferecem uma série de benefícios que contribuem diretamente para um aprendizado mais eficaz. 

Eles promovem a prática da recuperação, que é um processo de lembrar informações de forma ativa. 

Ao testar a si mesmo repetidamente usando os flashcards, você fortalece a memória de longo prazo e aumenta a retenção de informações.

Além disso, os flashcards permitem que você personalize o seu estudo de acordo com as suas necessidades e objetivos. 

Você pode criar os seus próprios flashcards com o conteúdo que você quer aprender, usando cores, imagens, palavras-chave e mnemônicos para facilitar a associação e a recordação. 

Você também pode organizar os flashcards em categorias, priorizar os mais difíceis ou importantes e revisá-los em diferentes intervalos de tempo.

Outras vantagens de se usar flashcards são:

  • Fácil de utilizar e levar. Você pode fazer os flashcards em papel ou em aplicativos digitais e levá-los para qualquer lugar, aproveitando os momentos livres para estudar.
  • Revisão de conteúdo em menos tempo. Você pode revisar um grande volume de informações em pouco tempo, usando apenas alguns minutos por dia para repassar os flashcards.
  • Dinâmico e divertido. Você pode tornar o seu estudo mais interessante e motivador, usando os flashcards como um jogo ou um desafio, competindo consigo mesmo ou com outras pessoas.
  • É possível acompanhar o desempenho. Você pode verificar o seu progresso e identificar os seus pontos fortes e fracos, marcando os flashcards que você acertou ou errou e avaliando a sua evolução.
  • Pode ser utilizado para vários assuntos. Você pode usar os flashcards para estudar qualquer matéria ou tema, desde que o conteúdo possa ser resumido em perguntas e respostas simples e objetivas.

Artigos Relacionados

Review do Livro Como Passar em Provas e Concursos – William Douglas

Como Passar em Provas e Concursos – William Douglas

Técnicas de Memorização para Provas e Concursos

Como Memorizar com Flashcards?

Para memorizar com flashcards, você precisa seguir alguns passos que vão garantir a eficiência do método. Veja a seguir.

Selecione o material de estudo

Os flashcards reúnem informações resumidas, portanto, você pode prepará-los a partir das suas anotações em sala de aula, resumos ou mapas mentais. 

Escolha o conteúdo que você quer memorizar e selecione as informações mais relevantes e essenciais.

Crie os flashcards

Você pode fazer os flashcards em papel ou em aplicativos digitais, de acordo com a sua preferência. 

O importante é que eles sejam claros, objetivos e fáceis de ler. 

De um lado do cartão, escreva uma pergunta ou uma palavra-chave sobre o conteúdo. 

Do outro lado, escreva a resposta ou a definição. 

Use cores, imagens, símbolos ou mnemônicos para facilitar a associação e a recordação. 

Faça apenas uma pergunta e uma resposta por cartão e evite informações muito longas ou complexas.

Estude com sinceridade

Para estudar com os flashcards, você precisa ser honesto consigo mesmo e não olhar a resposta antes de tentar lembrar. 

Pegue um cartão, leia a pergunta ou a palavra-chave e tente responder mentalmente ou em voz alta. 

Depois, vire o cartão e confira a resposta. 

Se você acertou, coloque o cartão em uma pilha de acertos. 

Se você errou ou teve dúvida, coloque o cartão em uma pilha de erros. 

Repita esse processo até acabar todos os cartões.

Faça revisões

As revisões são fundamentais para consolidar a memória e evitar o esquecimento. 

Por isso, você deve revisar os flashcards com frequência, seguindo um cronograma de estudos. 

Você pode usar o sistema de repetição espaçada, que consiste em aumentar progressivamente o intervalo entre as revisões, de acordo com o seu nível de confiança. 

Por exemplo, você pode revisar os flashcards no mesmo dia, no dia seguinte, depois de três dias, depois de uma semana, depois de um mês e assim por diante. 

Dessa forma, você garante que a informação seja transferida da memória de curto prazo para a memória de longo prazo.

[Publicidade]


O que fazer para melhorar a memorização?

Além de usar os flashcards, existem outras dicas que podem ajudar você a melhorar a sua capacidade de memorização. Veja algumas delas.

Aprenda sempre algo novo

Buscar sempre aprender algo novo é estimular o cérebro a fazer novas conexões entre os neurônios e a aprender novas formas de pensar e raciocinar. 

O ideal é se engajar em uma atividade que você não domina, para sair da zona de conforto e trazer novos estímulos para a mente. 

Iniciar um processo longo como aprender a tocar um instrumento ou a falar uma nova língua é uma boa forma de estimular o cérebro, pois é possível iniciar em níveis mais fácil que vão progredindo à medida que o cérebro desenvolve as novas habilidades.

Fazer jogos para a memória

Fazer jogos para a memória, como palavras cruzadas ou sudoku, por exemplo, é uma ótima forma de manter o cérebro ativo e melhorar a memória e a concentração. 

Alguns estudos mostraram que 15 minutos de jogos para a memória por dia, durante 5 dias da semana, ajudaram a melhorar a memória recente, a concentração e a capacidade de resolver problemas. 

Além disso, os jogos para memória, ajudaram a reduzir o risco de demência em adultos.

Fazer anotações

Fazer anotações enquanto se está em uma aula, reunião ou palestra aumenta a capacidade de nossa memória por ajudar a fixar a informação na mente. 

Ao ouvir algo, escrever e reler automaticamente enquanto escreve aumenta o número de vezes que o cérebro recebe aquela informação, facilitando a aprendizagem e fixação.

Relembrar

Relembrar é uma das ferramentas mais importantes para estimular a memória, pois ativa a capacidade de ensinar a si mesmo algo novo e de estar sempre em contato com a nova informação. 

Assim, ao ler ou estudar algo que deseja fixar, deve-se fechar o caderno ou tirar os olhos da informação, e memorizar o que foi acabado de ler ou ouvir.

Reler a informação com frequência

Reler a informação com frequência é outra forma de reforçar a memória e evitar o esquecimento. 

A cada nova leitura, o cérebro reativa as conexões neurais que foram criadas na primeira vez e as torna mais fortes e duradouras.

Além disso, a releitura permite que você revise e corrija possíveis erros ou lacunas no seu entendimento.

Associar a informação com algo familiar

Associar a informação com algo familiar é uma técnica de memorização que facilita a recuperação e a compreensão. 

Ao relacionar o que você quer aprender com algo que você já sabe ou que faz parte da sua experiência, você cria uma ponte entre o novo e o antigo, tornando o conteúdo mais significativo e memorável. 

Por exemplo, você pode associar uma fórmula matemática com uma música, uma data histórica com um evento pessoal ou um conceito científico com uma analogia cotidiana.

Dormir bem

Dormir bem é essencial para a saúde física e mental, mas também para a memória. 

Durante o sono, o cérebro processa e consolida as informações que foram adquiridas ao longo do dia, transferindo-as da memória de curto prazo para a memória de longo prazo. 

Além disso, o sono ajuda a restaurar a energia e a capacidade cognitiva, melhorando o desempenho e a concentração. 

Por isso, é recomendado dormir pelo menos 7 horas por noite e manter uma rotina regular de sono.

[Publicidade]


Como Estudar por meio de Flashcards?

Estudar por meio de flashcards é uma forma de otimizar o seu tempo e o seu aprendizado, mas também requer planejamento e disciplina. 

Para aproveitar ao máximo os benefícios dos flashcards, você deve seguir algumas recomendações. Veja quais são.

Estude em pequenas doses

Estudar em pequenas doses, ou seja, dividir o conteúdo em partes menores e estudá-las em sessões curtas e frequentes, é mais eficiente do que estudar tudo de uma vez só. 

Isso porque o cérebro tem um limite de atenção e de absorção de informações, que diminui com o passar do tempo. 

Ao estudar em pequenas doses, você mantém o foco e a motivação, além de facilitar a revisão e a memorização.

Estude em diferentes locais

Estudar em diferentes locais, ou seja, variar o ambiente onde você estuda, é uma forma de aumentar a sua capacidade de lembrar as informações em diferentes contextos. 

Isso porque o cérebro associa o conteúdo com as pistas ambientais, como sons, cores, cheiros e objetos, que podem ajudar ou atrapalhar a recuperação da memória. 

Ao estudar em diferentes locais, você cria mais pistas e mais conexões, tornando o conteúdo mais flexível e acessível.

Estude em diferentes ordens

Estudar em diferentes ordens, ou seja, mudar a sequência dos flashcards a cada sessão de estudo, é uma forma de evitar a interferência e a confusão na memória. 

Isso porque o cérebro tende a lembrar melhor as primeiras e as últimas informações de uma lista, esquecendo as do meio. 

Além disso, o cérebro pode se acostumar com uma ordem fixa e depender dela para lembrar as informações. 

Ao estudar em diferentes ordens, você evita esses vieses e garante que você saiba cada flashcard independentemente da sua posição.

Estude com outras pessoas

Estudar com outras pessoas, ou seja, formar um grupo de estudo com colegas ou amigos que tenham o mesmo objetivo, é uma forma de tornar o aprendizado mais dinâmico e divertido. 

Isso porque o estudo em grupo permite que você troque ideias, esclareça dúvidas, compartilhe conhecimentos e receba feedback. 

Além disso, o estudo em grupo estimula a cooperação, a competição e a responsabilidade, aumentando a motivação e o comprometimento. 

Você pode usar os flashcards para fazer jogos, quizzes ou desafios com os seus colegas, testando e reforçando o seu conhecimento.

[Publicidade]


O que é a curva do esquecimento?

A curva do esquecimento é um conceito criado pelo psicólogo alemão Hermann Ebbinghaus, que descreve como a memória se deteriora com o passar do tempo. 

Segundo Ebbinghaus, a quantidade de informação que conseguimos lembrar depende de dois fatores: a força da memória e o tempo decorrido desde a última exposição ao conteúdo.

Ebbinghaus realizou uma série de experimentos com ele mesmo, usando uma lista de sílabas sem sentido, que ele tentava memorizar e recordar após diferentes intervalos de tempo. 

Ele descobriu que a sua capacidade de lembrar as sílabas diminuía rapidamente nas primeiras horas após o estudo, mas depois se estabilizava em um nível mais baixo. 

Ele representou graficamente esse fenômeno, criando a curva do esquecimento, que tem a forma de uma exponencial decrescente.

A curva do esquecimento mostra que a memória não é estática, mas sim dinâmica e sujeita a alterações. 

Ela também mostra que o esquecimento não é algo ruim, mas sim um mecanismo natural do cérebro para eliminar as informações irrelevantes ou desnecessárias, dando espaço para as novas. 

No entanto, o esquecimento pode ser prejudicial quando se trata de informações importantes ou úteis, que queremos manter na memória.

Por isso, é preciso combater o esquecimento com estratégias de memorização, como as que foram apresentadas neste artigo. 

Usando os flashcards, você pode contrariar a curva do esquecimento, aumentando a força da memória e reduzindo a perda de informação. 

Assim, você pode aprender mais e melhor, e lembrar do que realmente importa.

[Publicidade]


Conclusão

Neste artigo, você aprendeu como os flashcards podem melhorar a sua memória e o seu aprendizado. 

Você viu quais são as vantagens de se usar flashcards, como memorizar com flashcards, o que fazer para melhorar a memorização e como estudar por meio de flashcards. 

Você também entendeu o que é a curva do esquecimento e como ela afeta a sua memória.

Os flashcards são uma ferramenta de estudo simples, mas poderosa, que pode ajudar você a lembrar de informações importantes, seja para uma prova, uma apresentação ou uma conversa. 

Eles promovem a prática da recuperação, que é um processo de lembrar informações de forma ativa, fortalecendo a memória de longo prazo e aumentando a retenção de informações.

Além disso, os flashcards permitem que você personalize o seu estudo de acordo com as suas necessidades e objetivos. 

Você pode criar os seus próprios flashcards com o conteúdo que você quer aprender, usando cores, imagens, palavras-chave e mnemônicos para facilitar a associação e a recordação. 

Você também pode organizar os flashcards em categorias, priorizar os mais difíceis ou importantes e revisá-los em diferentes intervalos de tempo.

Para aproveitar ao máximo os benefícios dos flashcards, você deve seguir algumas recomendações, como estudar em pequenas doses, em diferentes locais, em diferentes ordens e com outras pessoas. 

Você também deve seguir outras dicas que podem ajudar você a melhorar a sua capacidade de memorização, como aprender sempre algo novo, fazer jogos para a memória, fazer anotações, relembrar, reler a informação com frequência, associar a informação com algo familiar e dormir bem.

Usando os flashcards, você pode contrariar a curva do esquecimento, aumentando a força da memória e reduzindo a perda de informação. 

Assim, você pode aprender mais e melhor, e lembrar do que realmente importa.

[Publicidade]


FAQ Rápido

1. O que são flashcards?

Flashcards são cartões com perguntas e respostas sobre um determinado assunto, que podem ser usados para estudar e memorizar conceitos, fatos, fórmulas, vocabulário, datas e muito mais.

2. Como fazer flashcards?

Você pode fazer os flashcards em papel ou em aplicativos digitais, de acordo com a sua preferência. 

O importante é que eles sejam claros, objetivos e fáceis de ler. 

De um lado do cartão, escreva uma pergunta ou uma palavra-chave sobre o conteúdo. 

Do outro lado, escreva a resposta ou a definição. 

Use cores, imagens, símbolos ou mnemônicos para facilitar a associação e a recordação. 

Faça apenas uma pergunta e uma resposta por cartão e evite informações muito longas ou complexas.

3. Como estudar com flashcards?

Para estudar com os flashcards, você precisa ser honesto consigo mesmo e não olhar a resposta antes de tentar lembrar. 

Pegue um cartão, leia a pergunta ou a palavra-chave e tente responder mentalmente ou em voz alta. 

Depois, vire o cartão e confira a resposta. 

Se você acertou, coloque o cartão em uma pilha de acertos. 

Se você errou ou teve dúvida, coloque o cartão em uma pilha de erros. 

Repita esse processo até acabar todos os cartões.

4. Como revisar com flashcards?

As revisões são fundamentais para consolidar a memória e evitar o esquecimento. 

Por isso, você deve revisar os flashcards com frequência, seguindo um cronograma de estudos. 

Você pode usar o sistema de repetição espaçada, que consiste em aumentar progressivamente o intervalo entre as revisões, de acordo com o seu nível de confiança. 

Por exemplo, você pode revisar os flashcards no mesmo dia, no dia seguinte, depois de três dias, depois de uma semana, depois de um mês e assim por diante. 

Dessa forma, você garante que a informação seja transferida da memória de curto prazo para a memória de longo prazo.

5. Quais são as vantagens de se usar flashcards?

Os flashcards oferecem uma série de benefícios que contribuem diretamente para um aprendizado mais eficaz. 

Eles promovem a prática da recuperação, que é um processo de lembrar informações de forma ativa, fortalecendo a memória de longo prazo e aumentando a retenção de informações. 

Além disso, os flashcards permitem que você personalize o seu estudo de acordo com as suas necessidades e objetivos. 

Você pode criar os seus próprios flashcards com o conteúdo que você quer aprender, usando cores, imagens, palavras-chave e mnemônicos para facilitar a associação e a recordação. 

Você também pode organizar os flashcards em categorias, priorizar os mais difíceis ou importantes e revisá-los em diferentes intervalos de tempo.

6. O que é a curva do esquecimento?

A curva do esquecimento é um conceito criado pelo psicólogo alemão Hermann Ebbinghaus, que descreve como a memória se deteriora com o passar do tempo. 

Segundo Ebbinghaus, a quantidade de informação que conseguimos lembrar depende de dois fatores: a força da memória e o tempo decorrido desde a última exposição ao conteúdo. 

Ebbinghaus representou graficamente esse fenômeno, criando a curva do esquecimento, que tem a forma de uma exponencial decrescente.

7. Como a curva do esquecimento afeta a memória?

A curva do esquecimento mostra que a memória não é estática, mas sim dinâmica e sujeita a alterações. 

Ela também mostra que o esquecimento não é algo ruim, mas sim um mecanismo natural do cérebro para eliminar as informações irrelevantes ou desnecessárias, dando espaço para as novas. 

No entanto, o esquecimento pode ser prejudicial quando se trata de informações importantes ou úteis, que queremos manter na memória.

8. Como combater o esquecimento?

Para combater o esquecimento, é preciso usar estratégias de memorização, como os flashcards, que podem ajudar você a lembrar de informações importantes, seja para uma prova, uma apresentação ou uma conversa. 

Usando os flashcards, você pode contrariar a curva do esquecimento, aumentando a força da memória e reduzindo a perda de informação. 

Assim, você pode aprender mais e melhor, e lembrar do que realmente importa.

<< ANTERIOR | PRÓXIMO >>

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *